Pós-Graduação em Literatura
  • Publicado em 10/08/2016 às 18:13

    -

    Prezados(as),

    Segue a relação dos alunos com a candidatura para disciplina isolada aprovados.
    Informamos que não houve outro impedimento para as candidaturas que não o limite de matrículas com base no espaço físico disponível para a realização das aulas.
    O critério adotado para a seleção foi o de ordem de envio dos formulários de inscrição via e-mail.

    APROVADOS DISCIPLINA ISOLADA


  • Publicado em 05/08/2016 às 16:42

    Memo 19-propg sobre a atualização dados cadastrais (raça/cor, etnia, deficiências) de mestrandos e doutorandos no sistema CAPG.

    Sugerimos que os programas enviem e-mail aos seus alunos regulares, avisando sobre a autodeclaração pendente no CAPG do aluno.

    OBS: Lembramos que a data limite será 20/08/2016.


  • Edital Bolsa CAPES/PSDE

    Publicado em 14/07/2016 às 15:47
    CAPES
    EDITAL Nº 19 DO
    PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR
    O Presidente da Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível
    Superior (Capes) no exercício das competências previstas na Lei n˚8.405, de 9 de
    janeiro de 1992, e no Decreto n˚ 7.692, de 2 de março de 2012, torna público o Edital de
    seleção de candidaturas para o Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior.
    Documentos para inscrição:
    apresentar para a Capes, por meio eletrônico, a documentação abaixo relacionada:
    I- Formulário específico de inscrição para doutorado sanduíche no exterior preenchido integralmente;
    II- Currículo Lattes atualizado;
    III- Carta do (a) orientador (a) brasileiro (a), devidamente assinada e em papel timbrado da instituição de origem, justificando a necessidade do estágio e 6 demonstrando interação técnico-científica com o coorientador no exterior para o desenvolvimento das atividades propostas;
    IV- Carta do coorientador no exterior, devidamente assinada e em papel timbrado da instituição, aprovando o plano de pesquisa e informando o mês/ano de início e término do estágio no exterior, de forma a se compatibilizar com o prazo definido pela IES brasileira;
    V- Teste de proficiência ou declaração do coorientador no exterior afirmando que o nível de proficiência em língua estrangeira que o aluno possui é adequado para desenvolver as atividades previstas;
    VI- Currículo resumido do (a) coorientador (a) no exterior, o qual deve ter produção científica e/ou tecnológica compatível e a titulação mínima de doutorado;
    VII- Cópia digitalizada de documento de identificação;
    VIII- Termo de Seleção de Candidatura ao PDSE, conforme modelo disponível na página do Programa, devidamente preenchido e assinado;
    IX- Plano de estudos, em português, com, no máximo, 15 páginas, com cronograma do plano de atividades, incluindo a infra-estrutura experimental ou laboratorial específica. Deve seguir as normas da ABNT e conter, obrigatoriamente, os itens abaixo:
    i. título;
    ii. introdução e justificativa, apresentando a atualidade e relevância do tema;
    iii. objetivos, com definição e delimitação clara do objeto de estudo;
    iv. metodologia a ser empregada;
    v. cronograma das atividades;
    vi. referências bibliográficas;
    vii. a contribuição do plano de estudos para a promoção do ensino, formação e aprendizagem;
    viii. o potencial para o aumento da rede de pesquisa e educação, com novas técnicas e parcerias, além de ampla divulgação dos resultados;
    ix. a relevância para o desenvolvimento econômico e de bem estar social do Brasil no médio e longo prazos, quando o caso;
    x. se o plano de estudos prevê/atende às normativas éticas nacionais e internacionais, quando relevante.

    O candidato, discente do doutorado, deverá encaminhar a documentação digitalizada para o e-mail do programa e trazer os mesmos documentos impressos à Secretaria, dentro do prazo discriminado abaixo:

     

    Início: 14h de 01 de setembro de 2016
    Término: 17h de 16 de setembro de 2016

     

    A comissão divulgará o resultado até o dia 30 de setembro de 2016.
    -

  • Nota de Falecimento

    Publicado em 12/07/2016 às 15:26
    É com pesar que comunicamos o falecimento, no sábado 9 de julho, da professora Edda Arzúa Ferreira. A professora esteve lotada no LLV/CCE e fez parte do grupo fundador do Programa de Pós-graduação em Literatura da UFSC.

    Edda Arzúa Ferreira (1931-2016)

     

     

    Em “O cavalo morto. Representação plástica em todos os níveis”, uma análise do poema homônimo de Cecília Meireles, Edda Arzúa Ferreira (1931-2016) destacava que a recorrência de cores, pedrarias e palavras solenes registra uma tal sensualidade de elocução que corre o risco de fascinar o leitor pela exuberância de imagens e pelo brilho do arabesco verbal, apresentando, mesmo assim, de maneira pungente, as relações antitéticas e paradoxais entre morte e vida. “Não se trata apenas de uma representação sensorial do cavalo morto, mas também de uma constante chamada para a antítese: morte versus vida. Representação poética magistral de uma matéria em si prosaica, até banal, O cavalo morto mostra-nos que o poético vai além do objeto, extrapola-o, visto que a poesia remunera não apenas a fragilidade das coisas, dos fatos, mas também a da própria linguagem”. Edda Arzúa Ferreira, doutora em Letras sob a orientação de Antonio Candido, fez parte do núcleo inicial do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP, junto a Berta Waldman, Adélia Bezerra de Meneses, João Luiz Lafetá, José Miguel Wisnik, Maria Lúcia Dal Farra, Suzi Frankl Sperber, Vera Chalmers e Yara Frateschi Vieira. Fez parte também do grupo inicial da Pós-graduação em Literatura da UFSC e do Partido dos Trabalhadores em Santa Catarina. Foi autora, entre outros títulos, de Integração de perspectivas: contribuição para uma análise das personagens de ficção (Rio de Janeiro, Cátedra, 1975) e O texto literário. A prática da interpretação (Florianópolis, Editora da UFSC, 1983).


  • V Seminário dos Alunos da Pós-Graduação em Literatura da UFSC

    Publicado em 07/07/2016 às 14:53

    -

    A Representação Discente, gestão Navilouca, convida toda a comunidade discente a participar do V Seminário dos Alunos da Pós-Graduação em Literatura da UFSC, sob o tema “Mídia, Mediação e  Estado de Exceção”, a ocorrer entre os dias 27 e 29 de Setembro de 2016. Para mais informações, segue o endereço da página oficial do evento.
    Cartaz
    Cordialmente,
    Os representantes.

  • O que é arquifilologia?

    Publicado em 29/06/2016 às 16:24

    .

    A Cultura e Barbárie, o Selo Armazém e o Programa de Pós-Graduação em Literatura convidam a todos(as) para a aula inaugural da disciplina O que é arquifilologia do professor Raul Antelo no próximo semestre, a realizar-se no próximo dia 15 de agosto, 2ª feira, na Fundação BADESC, às 16h.

    No mesmo evento ocorrerá o lançamento do livro A ruinologia, de autoria do professor Antelo.

    -

    Alow


  • Prêmio de melhor tese para ex-discente do PPGLit

    Publicado em 21/06/2016 às 16:34

    -

    Temos o prazer de comunicar que nosso ex-discente, Byron Vélez Escallón, acaba de ganhar o Prêmio Roggiano de Tese Doutoral, outorgado pelo Instituto Internacional de Literatura Iberoamericana, da Universidade de Pittsburg, pela sua tese O Páramo é do tamanho do mundo: Guimarães Rosa, Bogotá, Iauaretê, orientada pela Profª Drª Liliana Reales. A entrego do prêmio será na Friedrich-Schiller Universität, em Jena, Alemanha, em 19 de julho de 2016.

    .


  • Calendário de Matrícula 2016.2

    Publicado em 14/06/2016 às 14:38

    .

    Já está disponível em nossa página (Menu à esquerda) o Calendário de Matrícula 2016.2.

    Em breve divulgaremos o Quadro de Horários das disciplinas, bem como as ementas.

    Informações sobre Disciplina Isolada também podem ser encontradas no menu à esquerda.


  • Processo Eleitoral para Coordenação do PPGLit – 2016

    Publicado em 09/06/2016 às 16:19

    EDITAL


  • Disciplina de 1 crédito

    Publicado em 02/06/2016 às 14:23

    Os interessados em se matricular na disciplina, enviar e-mail para a Secretaria solicitando matricula.

    .

    Disciplina PGL 510104: Tópico Especial: Literaturas – Experiência e linguagem na literatura italiana das últimas décadas

    Ministrante: Enrico Testa, Fabio Pierangeli, Andrea Gialloreto, com a supervisão deAndrea Santurbano

    Área de Concentração: Literaturas

    Semestre: 2016 /1   Créditos: 1 (um)

    Horário: 20, 21, 23 e 24 de junho

    Sala: Drummond, prédio B

     

    Ementa: A disciplina visa trazer para o foco da discussão uma reflexão sobre a produção poética e narrativa italiana, da segunda metade do século XX até a contemporaneidade, a partir da dilaceração que envolve tanto o uso do meio expressivo como o sujeito/objeto da enunciação/representação. Em outros termos, busca-se refletir sobre uma literatura que, se de um lado pode apresentar fortes raízes realistas, de outro, é permeada de fraturas, digressões e matizes que colocam em discussão o estatuto da palavra e o estatuto do humanismo.

    Objetivo geral

    Durante os 6 encontros pretende-se discutir, por meio de algumas obras, os seguintes pontos:

    - crise da linguagem na narrativa e na poesia italiana a partir da segunda metade do século XX;

    - resíduos do eu e do personagem;

    - rastros e ruínas da história;

    - tendências antihistoricistas;

    - tentativas de dizer o indizível;

    - novas formas do dizível;

    - perda de uma experiência contável;

    - vertentes pós-humanistas;

    - palavras incomunicáveis e palavras do comum.

     

    Metodologia

     

    Serao três os minicursos oferecidos pelos professores convidados Enrico Testa (Univ. di Genova), Fabio Pierangeli (Univ. di Roma “Tor Vergata”) Andrea Gialloreto (Univ. “G. d´Annunzio”, Chieti-Pescara). Cada minicurso terá uma carga horária de 6 horas, com dois encontros.

    As aulas e os textos a serem lidos serão em língua italiana.

    EMENTA COMPLETA